Salto, o paraíso das águas termais no Uruguai

Acuamania, parque aquático em Salto, o paraíso das águas termais no Uruguai | Hélio Dias

Acuamania, parque aquático em Salto, o paraíso das águas termais no Uruguai | Hélio Dias

 

Assinatura-Conteúdo-Guia-OViajante-Uruguai

As termas são o paraíso para os adeptos do bom turismo de descanso. Águas termais no Uruguai são encontradas principalmente na cidade de Salto, capital do departamento de mesmo nome. Esse é o segundo maior centro urbano do país, mas engana-se quem pensa que esse fato torna Salto uma pequena metrópole. São apenas 100 mil habitantes, e a cidade se aproxima muito mais ao simpático provincianismo comum a todo interior uruguaio.

 

As águas termais no Uruguai foram descobertas em 1940, quando o Instituto Geológico del Uruguay trabalhava no noroeste do país em busca de petróleo. Não encontraram o precioso óleo, mas sim água. Não era uma água qualquer, afinal. Eram fontes de águas termais, originárias de uma crosta basáltica, que emergiam à superfície com até 46°C, e que, por suas propriedades minerais, são consideradas bastante benéficas ao corpo humano.

 

Saiba mais sobre o Uruguai:

 

Hoje, as termas tornaram-se complexos bem estruturados, com piscinas de água quente, hotéis confortáveis e parques aquáticos. Assim, baseada nas águas termais, se fez a riqueza dessa região. Em Salto são três complexos principais:

 

Termas de Dayman

Termas Dayman | Hélio Dias

Termas Dayman | Hélio Dias

 

A 10 km ao sul do centro de Salto, Dayman é uma espécie de bairro residencial, com um pequeno centro comercial, terminal de ônibus, hospital, posto policial, restaurantes, campings e hotéis, muitos hotéis – mais de 30. O destaque é o Los Naranjos Resort, cujas diárias para duas pessoas saem por US$150 (mais US$20 para meia pensão; US$40 para pensão completa).

 

Dayman conta ainda com um parque termal municipal, e, provavelmente o grande destaque local, um parque aquático, o Acuamanía, criado em 1998, primeiro parque de águas termais do Uruguai e da América do Sul. A entrada no parque sai por $300, mas hóspedes das Termas de Dayman têm desconto.

 

Termas de Salto Grande

Parque Aquatico Horacio Quiroga | Hélio Dias

Parque Aquatico Horacio Quiroga | Hélio Dias

 

As termas de Salto Grande, a 15 km ao norte de Salto, diferenciam-se pela paisagem junto ao rio, onde existem algumas praias para banho. Há basicamente um complexo hoteleiro aqui, o hotel Horacio Quiroga, que se destaca pelas suas cabanas ribeirinhas – diárias a US$130/160 (dom-qui/sex-sáb) para duas pessoas. Tal como as Termas de Dayman, também possui um parque aquático, o Horacio Quiroga, grátis para os hóspedes do hotel e $280 para os demais.

 

Termas del Arapey

Termas Arapey, hotel Arapey Thermal | Hélio Dias

Termas Arapey, hotel Arapey Thermal | Hélio Dias

 

Arapey, a 80 km ao norte de Salto e a pouco mais de 100 km da fronteira brasileira, não possui um parque aquático como as demais, mas ainda assim é o complexo termal mais popular do Uruguai. Foi o primeiro do país, estabelecido nos anos 40, e o que atrai visitantes é sua ótima infraestrutura: aqui há hotéis top, hotéis mais econômicos, bangalôs, campings, além de piscinas municipais (em opções coberta, ao ar livre e desportiva/semiolímpica) e um pequeno centro comercial.

 

O principal hotel é o Arapey Thermal Resort & Spa, um grande 5 estrelas bastante frequentado por brasileiros, graças às suas seguidas promoções, que incluem até traslado desde o Brasil, cujas diárias, de pensão completa, costumam custar US$320 para duas pessoas. Um novo hotel situado logo em frente, Altos de Arapey, aberto em 2014, tão ou mais confortável, começou a rivalizá-lo (tem até campo de golfe), e com diárias all inclusive a US$360 para duas pessoas.

 

Como chegar a Salto

Fronteira entre Quaraí (Brasil) e Artigas (Uruguai) | Hélio Dias

Fronteira entre Quaraí (Brasil) e Artigas (Uruguai) | Hélio Dias

 

De ônibus: O terminal de ônibus de Salto (Avenida Battle 2265) recebe ônibus de/para Montevidéu (várias saídas diárias, com as empresas Central-Chadre, Nuñez e El Norteño; 6h de viagem, passagens a partir de $935); de/para Colônia do Sacramento: duas saídas diárias (5h40 e 14h30 desde Colonia, 5h55 e 15h55 desde Salto) com a empresa Central-Chadre; 8h de viagem, passagens por $850; e de/para Artigas: três saídas diárias (6h, 11h30 e 16h30 desde Salto; 6h, 11h40 e 16h30 desde Artigas) com a empresa Central-Chadre; 3h20 de viagem, passagens por $366).

 

De carro: Quem viaja do Brasil com destino a Salto, deve seguir em direção ao extremo sudoeste do Rio Grande do Sul. Em Quaraí, na fronteira, basta atravessar para Artigas, já no Uruguai, seguir por cerca de 100Km pela Ruta 30 e por outros 100 Km pela Ruta 3 até chegar a Salto. De Montevidéu a Salto, é preciso seguir por cerca de 70 Km pela Ruta 1 e por mais 420 Km pela Ruta 3.

 

Principais distâncias:

Salto – Artigas: 206 Km

Salto – Montevidéu: 492 Km

Salto – Colonia del Sacramento: 409 Km

Porto Alegre – Quaraí: 595 Km

Porto Alegre – Salto: 860 Km

 

 

Assinatura-Conteúdo-Guia-OViajante-Uruguai