Os 10 países menos visitados do mundo

A lista de países mais visitados do mundo, divulgada semana passada, já é um pouco previsível, mas e os países que menos recebem turistas? Elaboramos a lista dos dez países menos visitados no mundo em 2013 de acordo com as informações da Organização Mundial de Turismo.

 

10º Moldávia, Europa, 96.000 visitantes

 

Chisinau Cathedral, em Chisinau, capital da Moldávia (Foto por Hans Põldoja).

Chisinau Cathedral, em Chisinau, capital da Moldávia (Foto por Hans Põldoja).

 

Antigo território da União Soviética, a Moldávia é o país mais pobre da Europa e apresenta o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) mais baixo do continente. A economia do país depende muito da agricultura e o vinho é o principal produto de exportação.

 

09º Serra Leoa, África, 81.000 visitantes

 

Estrada no sul da Serra Leoa (Foto por jbdodane).

Estrada no sul da Serra Leoa (Foto por jbdodane).

 

Situado na África Ocidental, a Serra Leoa tem ocupado as manchetes dos jornais devido à epidemia do vírus ebola que tomou conta do país nas últimas semanas. A maioria dos países da África não possuem dados oficiais sobre número de turistas, mas, de acordo com os poucos dados da Organização Mundial de Turismo, a Serra Leoa é o menos visitado do continente e o 9º menos visitado no mundo.

 

08º Dominica, América Central, 78.000 visitantes

 

Vista de Roseau, capital da Dominica (Foto por Roger Wollstadt).

Vista de Roseau, capital da Dominica (Foto por Roger Wollstadt).

 

Geologicamente falando é a ilha mais nova do Caribe, tem “somente” 26 milhões de anos. A Dominica se tornou independente do Reino Unido em 1978 e desde então o turismo tem sido uma das principais fontes de renda do país. O Morne Trois Pitons National Park, Patrimônio Mundial da Unesco desde 1997, é um dos parques mais importantes do país, ocupa uma área de 17 mil hectares que inclui montanhas, lagos e gêiseres. (Não vale confundir Dominica com a República Dominicana).

 

07º Timor-Leste, Ásia, 78.000 visitantes

 

Praia no Timor-Leste (Foto por Matthew Winterburn).

Praia no Timor-Leste (Foto por Matthew Winterburn).

 

O Timor Leste se tornou independente de Portugal somente em 1975, mas só deixou de ser considerado território português pela ONU em 1999! O país é repleto de belezas naturais – praias paradisíacas e enormes florestas tropicais. O fato de o país falar português pode servir como incentivo para incluir o país em roteiro de viagem pela Ásia.

 

06º São Vicente e Granadinas, América Central, 72.000 visitantes

 

Praia paradisíaca em Mayreau, a menor ilha do país (Foto por Jason Pratt).

Praia paradisíaca em Mayreau, a menor ilha do país (Foto por Jason Pratt).

 

O país é formado por 32 ilhotas e uma ilha principal onde está a capital, Kingstown. São Vicente e Granadinas se tornou independente do Reino Unido em 1979, mas segue pertencendo a Comunidade de Nações, organização intergovernamental formada por países anteriormente pertencentes ao Império Britânico. É mais um daqueles destinos paradisíacos, mas ainda pouco explorados.

 

05º Anguilla, América Central, 69.000 visitantes

 

Anguilla (Foto por tiarescott).

Anguilla (Foto por tiarescott).

 

Anguila, pequeno território britânico ultramarino, é um dos destinos caribenhos ainda pouco conhecidos no mundo. Isso não quer dizer que seja mais barato viajar para lá do que para outros lugares do Caribe; na verdade Anguilla é um destino de luxo e depende muito do turismo.

 

04º Liechtenstein, Europa, 60.000 visitantes

 

Vaduz Castle, residência oficial do Príncipe de Liechtenstein (Foto por United Nations Photo ).

Vaduz Castle, residência oficial do Príncipe de Liechtenstein (Foto por United Nations Photo ).

 

O principado situado entre a Áustria e a Suíça é um dos menores e mais ricos países do mundo. Embora esteja situado nos Alpes, em uma região bem acessível da Europa, aparentemente o país é lembrado mais como paraíso fiscal do que como possível destino de viagem.

 

03º Montserrat, América Central, 7.000 visitantes

 

Vulcão Soufriere Hills (Foto por David Stanley).

Vulcão Soufriere Hills (Foto por David Stanley).

 

O vulcão Soufriere Hills, que desde o século XVI não entrava em erupção, despertou em 1995 e em 1997, destruindo a capital do país, Plymounth, e forçando boa parte dos moradores a abandonar a ilha. Hoje Montserrat tem cerca de 5 mil habitantes e a maioria deles está na parte noroeste da ilha, o mais longe possível do vulcão.

 

02º Niue, Oceania, 7.000 visitantes

 

Pôr do Sol em Alofi, capital de Niue (Foto por sandwich)

Pôr do Sol em Alofi, capital de Niue (Foto por sandwich)

 

O pequeno estado insular associado à Nova Zelândia tem hoje apenas 1.600 habitantes. Os altos índices de emigração, principalmente para a Nova Zelândia, têm preocupado o país. Em 2003, a remota ilha no Pacífico foi o primeiro país no mundo a disponibilizar acesso à rede wi-fi gratuita a todos os seus habitantes.

 

01º Kiribati, Oceania, 6.000 visitantes

 

Kiribati, o país menos visitado do mundo (Foto por KevGuy4101).

Kiribati, o país menos visitado do mundo (Foto por KevGuy4101).

 

O Kiribati é um conjunto de pequenas ilhas na região da Micronésia e da Polinésia, no meio do Oceano Pacífico. Com pouco mais de 100 mil habitantes, é o primeiro país no mundo a mudar de ano devido ao fuso horário (UTC +15). Em função do isolamento geográfico, há poucos voos regulares para o país, somente dois por semana, via Havaí e via Fiji.



  1. Vitor

    Achei que países como Somália e Coreia do Norte estariam na lista… difícil acreditar que recebem mais turistas que esses!

    Responder
    • O Viajante

      Vitor, retiramos os dados do relatório anual da Organização Mundial de Turismo e não há nenhuma informação sobre número de visitantes na Coréia do Norte ou na Somália. É provável que você esteja certo, mas fica difícil mensurar sem informações concretas.

      Responder

Comentários

  • (will not be published)