Caminhos até Santiago de Compostela

A caminhada até Santiago de Compostela, na região da Galícia, Espanha, é uma das peregrinações mais famosas do mundo e realizada há mais de mil anos.

 

Dados apurados registram que 211 mil pessoas realizaram a peregrinação a pé em 2014 até a famosa cidade, onde, acredita-se, repousam os restos mortais do apóstolo Santiago, em uma tumba de prata no porão da Catedral.

 

Pessoas de todos os cantos, por motivações distintas, rumam a um mesmo destino.

 

Placas no Caminho de Santiago indicam a distância para diferentes cidades no mundo

Placas no Caminho de Santiago indicam a distância para diferentes cidades no mundo | Foto por Cristina Sanfelici

 

Ao iniciar a caminhada o peregrino recebe uma credencial, na qual vai colhendo selos que são carimbados em albergues, igrejas, prefeituras, oficinas de turismo e outros estabelecimentos comerciais nos povoados por onde se passa. Estes selos servem para comprovar a legitimidade da caminhada.

 

Em posse da credencial devidamente carimbada, ao fim da viagem, o viajante apresenta-se na Oficina do Peregrino, em Santiago, e recebe a Compostela, um certificado que assegura a jornada do aventureiro e eterniza, no papel, a icônica peregrinação.

 

Credecial do Peregrino com carimbos do Caminho Francês, na Espanha

Credencial do Peregrino com carimbos do Caminho Francês, na Espanha | Foto Domínio Público

 

Existem várias trilhas para chegar a Santiago de Compostela. Caminhadas que partem de locais diferentes rumo ao mesmo final. Roteiros que irão apresentar muitas variantes geográficas (seguir pelo campo ou pelo asfalto?) e alternativas estratégicas (dormir em um quarto privativo longe de albergues não é uma escolha possível em todos os povoados).

 

Mas essas decisões você sente durante o caminho. Planejá-las com antecedência é tirar um pouco da mágica do inesperado e do surpreendente. Já a escolha do ponto de partida pode ser feita de acordo com o tempo disponível para a viagem, ou em razão dos destinos que planeja conhecer.

 

Seja por motivação religiosa ou cultural (ou até mesmo sem saber exatamente suas razões no início), havendo oportunidade, vá! Planeje suas férias, prepare seu físico e encare o desafio – aliás, o verdadeiro Caminho começa no momento desta decisão.

 

Concha da vieira marcam os diferentes trajetos do Caminho de Santiago

A concha da vieira, símbolo da peregrinação, estampa muretas e placas que indicam o caminho | Fotos por Cristina Sanfelici

 

Iniciando a caminhada, não tem muito mistério: siga as setas amarelas nas árvores, muros ou pelo chão…não vai demorar muito até surgir uma indicação de onde seguir!

 

Veja as rotas mais famosas:

 

1 – Caminho Francês

Clássico! A distância até Santiago de Compostela é de cerca de 800 km e leva-se, em média, 35 dias de caminhada, variando de acordo com o ritmo de cada um.

 

O ponto de partida é a pequena cidade medieval de Saint Jean Pied-de-Port, no sudoeste da França. Esta rota tradicionalmente é a favorita dos peregrinos (foi a escolha de 68,1% dos viajantes no ano de 2014) e tem como principais cidades as históricas Pamplona, Burgos e Leon.

 

Peregrinos iniciando a rota do Caminho Francês na cidade francesa de Saint-Jean-Pied-de-Port | Foto por Zizo Asnis

Peregrinos iniciando o Caminho Francês em Saint-Jean-Pied-de-Port | Foto por Zizo Asnis

 

O trecho inicial da caminhada é também considerado o mais difícil. Cruzar os Pirineus é uma aventura que envolve montanha e neve, requer vigor físico e determinação. Vencido o desafio, a entrada na Espanha se dá por Roncesvalles, que também pode servir como ponto de partida para aqueles que preferirem não encarar os desafios das montanhas.

 

O filme “O Caminho” (The Way, 2010) é uma ficção que narra a viagem pelo Caminho Francês desde a ascensão aos Pirineus. É uma bela película, delicada e com humor agradável, que mostra um pouco do horizonte, encantos e dificuldades que surgem na peregrinação: as bolhas nos pés, as novas amizades, as paisagens bucólicas… mostra ainda os valores e o íntimo que cada um de nós encontra em situações de exposição ao novo e ao diferente. Vale assistir!

 

2 – Caminho Português

Não há, oficialmente, um caminho base partindo de Portugal. Existem rotas saindo de diferentes cidades como Lisboa ou desde o litoral, mas a escolha mais comum é a partir de Porto, o que torna as distâncias razoavelmente menores.

 

De Porto a caminhada pode rumar em sentido a Valença para depois pisar em terras espanholas, mas a opção de seguir pela costa ou pelo continente traz muitas alternativas. A partir de Lisboa estimam-se rotas com cerca de 600 km e desde Porto, 250 km. Em 2014, as caminhadas originadas pelas vias portuguesas foram escolha de 14,92% dos peregrinos.

 

As muitas alternativas a partir de Portugal podem ser melhor compreendidas no mapa abaixo:

 

Mapa das diversas rotas do Caminho de Santiago em Portugal

Mapa dos caminhos alternativos por Portugal

 

3 – Caminho do Norte

É uma rota paralela ao Caminho Francês, um pouco mais ao Norte da Espanha, pela costa, seguindo pelas cidades de San Sebastian e Santander, desde Irún. São mais de mil km de caminhada. O Caminho do Norte, em 2014, correspondeu a 6,34% da rota de escolha dos peregrinos.

 

4 – Via de La Plata

Começa em Sevilha, ao Sul da Espanha e ruma ao noroeste do pais, subindo paralelamente a Portugal. É a via mais longa. Tem uma alternativa que se une com uma das variantes do caminho português e outra que segue 100% em território espanhol. A escolha desta variante se dá antes da cidade de Zamora e os caminhos voltam a se encontrar em Ourense.

 

No ano de 2014 este caminho foi a escolha de 3,57% dos viajantes.

 

5 – Caminho Inglês

Cruzando oceanos, o caminho inglês inicia a peregrinação em La Coruña ou Ferrol, já na região da Galícia/Espanha. A caminhada pode ser completada em poucos dias, somando 120 km.

 

Esta foi a alternativa encontrada pelos peregrinos britânicos que não se sentiam seguros em chegar na Espanha através da França, na época da Guerra dos Cem Anos.

 

Em 2014, 3,02% dos peregrinos que chegaram a Santiago optaram por este trajeto.

 

Os Caminhos de Santiago guardam paisagens rurais surpreendentes | Foto por Cristina Sanfelici

Os Caminhos de Santiago guardam paisagens rurais surpreendentes | Foto por Cristina Sanfelici

 

O Caminho também pode ser realizado de bicicleta ou a cavalo. É importante apenas lembrar que, para a obtenção da Compostela, as distâncias mínimas a serem percorridas são de 100 km aos caminhantes e de 200 km a aqueles que utilizam bicicletas ou cavalos.

 

Aos que tem pouco tempo disponível mas gostariam de realizar a aventura e obter o certificado, a sugestão é iniciar a caminhada em Sarria, que fica a 111 km de Santiago. A viagem não requer mais do que uma semana! Retire a credencial na cidade e vá carimbando os selos para comprovar o trajeto.

 

Porém, se você tiver mais tempo, a dica é: quanto mais longe iniciar, melhor! A experiência é incrível, intensa e justifica cada passo dado, cada quilometro percorrido. Citamos os cinco roteiros mais tradicionais, mas os Caminhos partem de diversos países e povoados de toda a Europa rumo a Santiago.

 

Pessoas partem da Itália, da Alemanha, da Polônia, do portão de suas casas… não há regras ou percursos obrigatórios! Na verdade, O Caminho é aquele que cada um constrói para si e, por isso também, tão único, tão especial, tão particular. Essa experiência nunca será a mesma para duas pessoas diferentes, assim como nunca será a mesma se você a repetir.

 

Carimbos na Credencial do Peregrino são requisitos para garantir o certificado Compostela

Credenciais do Peregrino recheadas de carimbos são requisitos para garantir a Compostela | Foto por Cristina Sanfelici

 

EXTRA!

 

Gostou de caminhar? Você ainda pode esticar a pernada até Finisterra, onde as terras espanholas encontram o mar. Distante 87km de Santiago de Compostela, o trecho é um pouco mais complicado nas questões de hospedagem e bem menos movimentado que as rotas citadas. Pode ser realizado em três dias e também é considerado oficialmente parte do Caminho.

 

Obtenha os selos no percurso e, na chegada, vá até a Prefeitura. Lá é entregue um novo diploma chamado de “Finisterra” (semelhante ao Compostela) e um carimbo especial de Game Over!

 

Caso seus pés solicitem uma trégua, não se preocupe! Também é possível chegar de ônibus. A viagem até o “fim da terra” leva cerca de 3h.  Passe o dia, conheça a cidade, suba até o Farol de Finisterra (com lindo visual do mar da Costa da Morte) e registre o marco do km 0. Parece o fim do caminho, mas não é.

 

Siga as setas amarelas e buen camino!!

 

Marco Zero do Caminho de Santiago, em Finisterra

O marco zero do Caminho de Santiago, junto ao Farol de Finisterra | Foto por Cristina Sanfelici

 

Saiba mais:

Informes Estatísticos de Peregrinação



Cristina Sanfelici

Cristina Sanfelici, 34 anos, administradora, fotógrafa, colorada e libriana - características que transitam pacificamente junto à paixão e ao entusiasmo de viajar. Fascinada por viagens de aventura com mochila nas costas, câmera nas mãos e montanhas ao redor, tem o passaporte carimbado em 22 países.

  1. esiopoeta

    Oi Cristina…. faço romarias desde 1968. Isso mesmo. este ano estarei cumprindo minha 50a romaria e meu jubileu de ouro, caminhando de Piracicaba a Pirapora. 120kms. no inteiror de sp.
    Fiz compostela duas vezes. em 2014 e 2015. Pretendo compostelas novamente em 2018, quando estarei perto dos 66 anos… vou que vou. um meu amigo com quem fui a primeira vez irá junto. nossas mulheres, foi a condição para irmos imposta, irão nos enocntrar em compostela em nossa chegada… vai ser muito bom. agosto e setembro portanto estaremos caminhando norte da espnha por todos os caminhos e cidades entre sjpp e compostela. com certeza. se alguém quiser alguma opiniao ou necessitar alguma coisa para compostelar, pode me procurar. qto a ir junto já é outro problemas que iremos discutir juntos. TFA esiopoeta

    Responder
  2. MARCIA

    Coincidência esta lendo isso justo no período onde vc deve estar no Caminho…
    Quero fazer o Caminho em 2021, ano Compostelano…
    Pode me dar dicas?
    Nem sei por onde começar… rs
    Meu WhatssApp é 21991403476, se preferir falar comigo por lá, talvez seja mais fácil.
    Abraço,
    Márcia

    Responder

Comentários

  • (will not be published)

* Comentários mediante moderação