5 lugares bizarros ao redor do mundo

O mundo está repleto de lugares estranhos e que se tornam locais turísticos pelas razões mais diferentes possíveis. Escolhemos cinco atrações bizarras, mas que merecem a visita, principalmente por serem bem singulares. Quantas delas você conhece?

 

Ilha das Bonecas, México

 

Foto por Alejandro De La Cruz

Foto por Alejandro De La Cruz

 

Foto por Esparta Alma

Foto por Esparta Alma

 

Xochimilco, um distrito ao sul da Cidade do México, é famoso pelos passeios nos canais que restaram do Lago Xochimilco, e também por uma de suas atrações: a Isla de las Muñecas, uma pequena ilha repleta de bonecas penduradas, muitas delas mutiladas ou decapitadas.

 

Existem várias versões da lenda, a mais verossímil conta que Don Julian Santana Barrera, único morador da ilha por mais de 50 anos, encontrou nos canais o corpo de uma menina afogada. Ele teria sido atormentado pelo espírito da garota e começado a pendurar as bonecas que encontrava pelo canal como forma de “tranquilizá-la”. A ilha passou a ser mais conhecida em 2001, depois que Don Julian morreu afogado na mesma área em que a menina…

 

Colina das Cruzes, Lituânia

 

Vista da Colina das Cruzes | Foto por Dmitri Korobtsov

Vista da Colina das Cruzes | Foto por Dmitri Korobtsov

 

Foto por Dmitri Korobtsov

Foto por Dmitri Korobtsov

 

Em plena área rural da Lituânia encontra-se um dos lugares que mais chama atenção no país, a Colina das Cruzes, uma colina no meio do nada com cerca de 100 mil cruzes de vários tamanhos e origens. Situada nas imediações de Šiauliai – 200km da capital, Vilnius – se tornou um destino de peregrinadores de todo o mundo que vêm aqui para fazer pedidos, orar, pagar promessas ou apenas conhecer.

 

A origem é incerta, mas muitos acreditam que tudo começou em 1831, em uma revolta entre a Polônia e o Império Russo. No século 20, o governo soviético tentou destruir o lugar, sem sucesso, já que durante a noite a população colocava todas as cruzes de novo no local. Em 1991, com a Independência da Lituânia, o número de cruzes aumentou e, dois anos depois, o papa João Paulo II visitou o local.

 

Ossuário de Sedlec, República Tcheca

 

Lustre feito de ossos | Foto por fdecomite

Lustre feito de ossos | Foto por fdecomite

 

Brasão da família Schwarzenberg | Foto por Katrin Miller

Brasão da família Schwarzenberg | Foto por Katrin Miller

 

Kutna Hora, uma cidade de apenas 25 mil habitantes, abriga uma das principais atrações da República Tcheca, nada menos do que o maior ossuário do mundo, o Ossuário de Sedlec.

 

O local encontra-se na parte subterrânea da Igreja Cemiterial de Todos os Santos, erguida durante o século 15 como uma capela gótica. Antes já funcionava um cemitério ali, bastante procurado por devotos por ser considerado sagrado. Durante a peste negra, quando milhões de pessoas morreram em função da doença, pelo menos 30 mil pessoas foram enterradas no local.

 

Mas a igreja começou a ganhar as formas que a tornariam famosa somente em 1870, quando uma família da aristocracia contratou um entalhador para ordenar todos esses ossos. Embora haja uma grande quantidade de ossada, o que diferencia esse ossuário de tantos outros é o modo como os ossos estão dispostos, decorando e mobiliando a capela, em forma de lustres, pirâmides e cruzes.

 

Mansão Winchester, Estados Unidos

 

Fachada da Mansão Winchester | Foto por Amy the Nurse

Fachada da Mansão Winchester | Foto por Amy the Nurse

 

Depois de ter perdido o marido e a filha, Sarah Winchester, a viúva do herdeiro da Companhia de Armas Winchester, passou a acreditar que sua família estava sendo assombrada pelo espírito das pessoas que haviam morrido devido às armas comercializadas por seus familiares. Como forma de apaziguar os espíritos, Sarah consultou um médium, que a orientou a construir uma casa para os espíritos. O homem também afirmou que enquanto o local estivesse em construção, a vida mulher não correria perigo.

 

Ao longo de 38 anos, Sarah construiu incessantemente a Mansão Winchester, nas imediações de San José, na Califórnia. A gigantesca casa resultou em nada menos do que 160 quartos, 2.000 portas, 10.000 janelas, 47 escadas, 47 lareiras, 13 banheiros e 6 cozinhas. São escadas que levam para lugar nenhum, passagens secretas e portas que se abrem para paredes. Contudo, a mansão só tem dois espelhos, isso porque Sarah acreditava que os espíritos se assustavam com o próprio reflexo.

 

Hoje a Mansão Winchester é um ponto turístico na Califórnia e você pode fazer um tour por 110 dos 160 quartos da casa. É extremamente recomendado não se afastar do grupo durante a visitação, o lugar é realmente grande e você pode ficar perdido durante horas.

 

Beco dos Chicletes, Estados Unidos

 

Beco dos Chicletes | Foto por two21

Beco dos Chicletes | Foto por two21

 

Foto por daveynin

Foto por daveynin

 

 

Um pequeno beco de 21 metros de comprimento e 4,6 metros de altura, em San Luis Obispo, uma pequena cidade da Califórnia, atrai curiosos de todos os lugares – isso porque as paredes são completamente tomadas por chicletes.

 

O surgimento do beco não tem uma história tão antiga ou surpreendente, mas mesmo assim é curiosa. Há quem afirme que começou após a II Guerra Mundial como um ritual dos alunos do último ano da escola da cidade; outros dizem que surgiu a partir da rivalidade entre os estudante dessa mesma escola com os alunos da universidade local.

 

Devido às reclamações dos comerciantes do entorno, os governantes bem que tentaram acabar com a moda dos chicletes nos anos 1970, sem sucesso. Até hoje o beco é um ponto turístico – ainda que não oficialmente – e milhares de pessoas continuam visitando o lugar e deixando seu chiclete grudado na parede como contribuição.