5 dicas para sua primeira viagem

Cozumel, México | Foto por Paula di Luciano

Cozumel, México | Foto por Paula Di Luciano

 

Por Paula Di Luciano

 

Enquanto algumas pessoas veem e vivenciam o fato de viajar como algo natural e extremamente necessário da vida, outras tem alguns medos e/ou dificuldades que não as deixam tomar coragem suficiente para embarcar em uma aventura, especialmente a lugares muito diferentes ou onde talvez se fale uma língua que elas não conhecem. Essa é a hora de dar o empurrão que falta e as palavras de ânimo para começar a aventura.

 

Viaje antes da viagem

Graças à internet podemos ter em um click uma infinidade de informação que serve para te conectar com o futuro destino antes mesmo de sair de casa. Pesquisar, consultar guias de viagens, ler e entrar em contato com pessoas locais podem ser ferramentas de grande ajuda para planejar e ter uma ideia melhor do lugar. Sem dúvida será possível aproveitar melhor a experiência, além de chegar ao destino sabendo alguma coisa do local e evitar roubadas e maus entendidos.

 

Esteja com o passaporte sempre em dia

O passaporte do viajante nunca fica esquecido ou com a validade vencida na gaveta. Além de ter o passaporte vigente é importante se informar sobre vistos e vacinas que podem ser requeridas no destino de viagem. É sempre útil levar a mão o telefone da sua embaixada ou consulado mais próximo.

 

Menos é mais na hora de fazer a mala

Sabe aquela camiseta que você não usa há 2 verões? Deixe-a em casa, pois também não vai usar na viagem. Tem que ser prático na hora de preparar a mala, levar roupa confortável e que combine com tudo para não voltar com metade das roupas sem ter usado. Estas dicas são muito gerais e servem tanto para umas férias de 10 dias como para uma viagem mais extensa e aventureira, para quem quer encarar este último tipo de viagem e talvez nunca o tenha feito.

 

Nem todas as opiniões são válidas

Todas as pessoas, próximas ou não, opinam. Esse ponto de vista pode vir de pessoas que nunca viajaram ou que têm pouquíssima experiência em saídas ao exterior e que podem achar um absurdo seus planos de viagem. Podem até achar que você já está velho para pegar (somente) 3 meses da sua vida e ir fazer um curso de línguas na Europa, trabalhar na Nova Zelândia ou fazer um mochilão no Sudeste Asiático. Esses comentários podem deixar o novo aventureiro um pouco desmotivado e fazê-lo se perguntar se vale a pena fazer a viagem. A resposta é sim! Sempre vale a pena.

 

Quanto mais você viaja mais vai querer viajar

É como um vício, uma vez que você o experimenta não quer mais parar. É só voltar e já começar o planejamento da próxima viagem. E não é à toa que isso acontece, os aprendizados que podemos fazer viajando não têm preço, ajuda a se conhecer mais, a valorizar mais sua cultura, a derrotar os preconceitos e a experimentar a liberdade de um jeito diferente. Afinal de contas, o mundo é muito grande para ficar sempre no mesmo lugar!